Porque ter um Trailer?

Alto Paraiso
Araranguá
Aruanã
Atibaia
Bombas
Bombinhas
Brasília
Caldas Novas
Campos do Jordão
Estaleirinho
Florianópolis
Garopaba
Goiânia
Guarda do Embaú
Guaratuba
Itu
Ouro Preto
Pirenópolis
Rio Araguaia
Roma  
Salvador
São J.Del Rey
São Lorenço
Ubatuba/Parati
Sites de Campings

Amigos colaboradores
Vídeos
Sanitário  
Sky no camping

Argentina
Chile
Europa 
Inglaterra 
Itália 
Suíça & França
Uruguai
Viagem Uruguai/Argentina
Super Dicas Cone Sul
Viajando pelo mundo.
Amigos
Aventura
Camping Modelo-Fotos
Campismo desenvolvido
Governo e o Campismo
Hots Links
Manutenção & Dicas
Perguntas & Respostas
Rebocando 
Tacógrafo
Sabedoria
Alimentação Saudável


         



            [ 478461 ]




Perguntas & Respostas.


Clique na pergunta e irá para resposta.
Está página reflete apenas nossa experiência pessoal, nada mais.


Trailer ou Motorhome ? Paulo pergunta.
Banheiro, e a instalação de Sanitário. Marcelo pergunta.
Queremos ir para o sul, conhecer os Cânions, Gramado, Canela e outros lindos lugares, mas não sei se é uma boa “primeira viagem”...Betina pergunta.
Parati 1.6 reboca trailer pequeno, e a opção de uma Safári ? Francisco pergunta.
Preciso de uma visão geral da parte elétrica ? Marcelo pergunta.
Uma visão geral da parte Hidráulica ? Marcelo pergunta.

































Trailer ou Motorhome ?



Paulo, para iniciar esta resposta, temos que escrever que em nosso país, o malfadado Código de Trânsito, de 1998. Com sua determinação de que para rebocar um trailer é preciso uma CNH categoria (E) "leia o porque neste site na página, Governo e o Campismo ".
Este fato, é o mais importante e determinante , para que agora existam muito mais MotorHomes, do que Trailers.

Embora em nosso país exiga CNH (D) para dirigir Motorhomes, este tipo de carteira é bem menos complicado de obter.
Veja até onde sabemos o Brasil é o único país do mundo que exige, carteira de motorista, acima da categoria "amadora" para rebocar trailer ou dirigir motorhome.
Para quem possui a CNH (B), pode submeter-se a burocracia e dentro de 30/60 dias já estará de posse da CNH (D).
Mas para obter a CNH (E), tem que tirar a CNH (D) esperar 06 meses, e se submeter a repetir tudo novamente, despesas, tempo perdido e burocracia, para obter a CNH (E).

Existe um projeto de lei, revertendo esta situação absurda, mas com os congressistas que temos, sendo otimista, espere a solução disto para os nossos netos.

Agora vamos tentar falar sobre os motivos, que deveriam ser os únicos a interferir nesta opçao do cidadão.

Características:

Trailers, vantagens:
-Na média custam menos que os MotorHomes.
-Menos manutenção, mais simples e barata.
-Mais fácil de encontrar lugar para guardar/estacionar/acampar.
-É incrível como conservam mais limpos dentro.(sem poeira)
-Quando você estaciona o trailer em um camping, Pronto! Virou uma casa, e o veículo fica livre para passear pelo lugar ou cidade.


Motorhomes, vantagens:
-Maior sensação de independência e segurança.
-Mais fácil pernoitar em lugares precários/improvisados.
-Em viagens longas, do tipo milhares de quilometros, o conforto material e psicológio da família que está nele é fantástico.
Imagine ! Poder levantar, andar, abrir uma geladeira, pegar um suco, fazer um sanduiche, jogar video-game, assitir um DVD, deitar em uma cama,ir ao banheiro, mudar totalmente a posição do corpo, ficar longe do Sol que bate na janela, fazer rodinha de bate-papo, etc,etc...
-Para o motorista, uma viagem sem pressa, em um veículo grande que se impõe por si, vasta visão à frente. Isto faz, também que se canse muito menos que quando se faz o mesmo percurso de automóvel.

Trailers, desvantagens:
-Para mim a única desvantagem comparativa, é quando estamos na estrada, em relação as vantagens do MotorHome.

Motorhomes, desvantagens:
-Embora a manutenção não seja algo que normalmente cause impacto, sem dúvida é mais cara e complicada que de um trailer.
-Se você não rebocar um veículo, quando chega no destino, fica sem um meio prático de locomoção.


Nossa opnião é que para quem faz quase só viagem de até um dia, o trailer é imbatível, e sempre é mais prático.
As vantagens do MotorHome aparecem para quem faz viagens longas, e/ou pernoita muitas vezes em lugares precários.

Mas existe também o seguinte.
Sabe estes clubes, de Fordinho, do Fusquinha ! O Motorhome mais que o Trailer desperta este tipo de amor também.
É comum que este, que aqui escreve. Passe vários fins de semana, muito feliz, com minha mulher avisando pela décima vez que o almoço esfriou.
Enquanto eu sigo por horas, soldando, lixando, serrando, pintando ....

É como estamos falando de decisões humanas.
Vale muito relatar o seguinte fato.
Veja estas camionetas 4x4, motor grande e gastador, veículo difícil de estacionar nas vagas de cidade, cujo os donos ou donas, rara ou nunca, enfrentam estradas de terra precárias com eles, e que são sucesso de vendas ?
Pois é, a Ford, uma vez, contratou uma equipe de médicos-psiquiatras, que fizeram vasta pesquisa com consumidores e consumidoras para, ajudar a entender o porque do sucesso destes veículos.

| Topo ^|













Instalação de vaso sanitário, tanque de detritos ?



Marcelo, vamos tentar aqui, transmitir nossa experiência sobre tudo que se relaciona ao banheiro, e particularmente a instalação do sanitário tipo aqua-magic.
Devo também dizer que o pouco que sei, é porque muitas vezes eu mesmo fiz, e não paguei para fazer.
Se você quer ter poucos problemas de manutenção, e ter o motorhome valorizado, faça o box de fibra de vidro, mesmo que seja até uma altura de digamos um metro. Já vimos de inox, etc. Nada se compara a fibra.
Aproveite e faça uma inovação, box com 02 ralos nas extremidades diagonais não sei porque as fábricas não fazem assim.
Desta forma em qualquer lugar que você estacionar, a agua não irá empoçar, quem viaja e pernoita em postos, vai entender a utilidade do que estou propondo.

Instalando um sanitário tipo aqua-magic.
Você irá precisar de uma mangueira de 1/2 que traga a agua da bomba, esta será conectada a entrada que fica na parte traseira do vaso.
Não instale como a maioria, com o comprimento justo, faça uma volta deixe uma folga no comprimento da mangueira, isto facilita enormemente o encaixe e desencaixe do vaso.
Quanto a fixação do vaso no assoalho, veja nossa página neste site, Manutenção & Dicas .

Caixa de detrito:
O melhor material é novamente a fibra de vidro.
A capacidade, um adulto gera mais ou menos entre 3 e 5 litros dia, de detrito+agua de descarga, portanto veja qual a média de pessoas que ocuparão o motorhome, e calcule a capacidade para pelo menos uma semana.

Posicionamento da caixa de detrito.
Quando posicionada sob o vaso.
Como você viu na figura, neste site. O bitola do joelho que encaixa no vaso, é de 100mm, e neste caso, um tubo reto substituirá o joelho da figura.

Existem duas formas de fixar este tubo, uma ele fica fixo no assoalho do motorhome, e penetra a caixa sem fixar nela.
Neste caso é feito um orifíco bem justo na caixa, e o tubo é inserido, do motorhome para caixa.A fixação é feita conforme está na figura onde o próprio vaso firma o tubo, e o "pescoço" do tubo serve de contenção.

A outra forma, o tubo é fixado na caixa.
Como isto é feito. Abre-se o orifíco na caixa, coloca-se o tubo na vertical, e com a manta e a resina, que fazem a fibra de vidro depositamos este material na junção caixa-tubo, fixando-o.
Encaixa-se a caixa no suporte, e sobe ela, até o tubo ficar acima do assoalho cerca de 1 centimetro, para que o vaso faça pressão sobre o mesmo.
Atenção, é preciso colocar calços de madeira, entre a caixa e o fundo do motorhome para que quando apertar os parafusos do suporte da caixa, ela fique fixa nesta posição.
Dica: a caixa de fibra nunca pode ficar raspando em qualquer suporte, tem que ficar fixa, e apertada com borrachas entre a fibra e o ferro.

Quando a caixa não está posicionada abaixo do vaso:
Neste caso você terá que usar um joelho de 45 ou 90 graus. Mas eu aconsselho fortemente um joelho de 45, é muito comum ocorrer entupimento com o joelho de 90, nesta posição muito próxima do vaso.
Lembre-se este tipo de vaso usa pouca água.
Do joelho até na caixa uma queda de 20% é totalmente suficiente.Mas evite uma distancia muito maior que 01 metro.
Entre o joelho é a caixa, é importante que seja feito pelo menos em parte com uma mangueira, devido a vibração.
Depois da mangueria, chegando na entrada da caixa, será fixado na caixa o tubo de entrada este tubo é fixado com fibra de vidro (camadas de manta + resina).
Este tubo tanto pode ser fixado na lateral como sobre a caixa.
Sintetizando: O material que vai do vaso até a caixa é, joelho-mangueira-tubo.
Dicas:
Pare facilitar o encaixe mangueira-tubo, passe silicone ou graxa.
Basta prender a mangueira no tubo e no joelho com presiha regulada por parafuso
Sob a caixa é importante por uma placa de proteção. A fibra não resiste bem a objetos cortantes e pode furar
Se você não esta "por dentro" de trabalho com fibra, vai ver como é simples e rápido, estas junções tubo + caixa são feitas em minutos.
Todos os ônibus de passageiros, tem a descarga da válvula do tanque de detrito bem atrás, em virtude disto, em muitos postos que aceitam a descarga. Somente é possível descarregar se a válvula ficar localizada atrás do eixo traseiro.
Também procure sempre posicionar esta saída do lado direito do motorhome, ou seja, o lado contrário ao do motorista.

Válvula do tanque de detrito:
Temos a nacional e a importada, a importada geralmente é 30% mais cara, mas a junção dela na caixa, é mais difícil de dar vazamento.
A posição onde será aberto o orifíco, deve se levar em conta, a posição da qual a alavanca da válvula sera puxada para abrir ou fechar.
Deve-se providenciar, geralmente pendendo do suporte, uma proteção contra impacto para a válvula.
Tem que ser feito uma bastão que possa puxar a alavanca da válvula para abrí-la de cerca de 1 metro de distância.

Seguindo estas regras, você irá se esquecer que existem estas instalações, pois estes sistemas funcionam normalmente anos e anos sem nenhum problema.

| Topo ^|













Ir para o Sul & e primeira viagem.



Veja tenho que começar dizendo que para quem gosta de liberdade e de uma pitada de improvisação e aventura. Sempre valerá a pena !

Seu destino é ótimo, é plenamente possível. E existe uma boa quantidade de campings.

O tamanho do trailer para primeira viagem, escolha dentre os que te agradar o menor, para começar.

E fique atenta a todas as explicações sobre o uso do Trailer, cozinhar, gás, banheiro, etc.. Não é complicado, mas é bem diferente de tudo.
Mas como ninguém adivinha, é comum as pessoas terem problemas com coisas simples.

Infelizmente o BRASIL deve ser o ÚNICO PAIS DO MUNDO, que exige CNH especial para se rebocar um pequeno trailer, mas você pode alugar um, sem ter que viajar com ele. Pois o pessoal já pode deixar instalado direto no camping, o Telmo da www.novotrailer.com.br faz isto, para a região de Santa Catarina, que eu acho também espetacular.
Para a região que você esta pensando, você pode pedir informação em www.vettura.com.br ou www.sinostrailer.com.br.

É impossível transmitir a experiência deste tipo de viagem, mas todos que gostam, sentem o seguinte:
Depois de 5 ou 6 dias em um bom hotel 5 estrelas, sentimos uma certa monotonia, e vontade de estar em casa. Depois de 01 mês viajando de trailer ficamos muito chateados da viagem estar chegando ao fim !

| Topo ^|













Parati 1.6 reboca trailer pequeno, e uma Safári ?



Parati 1.6 rebocando um Trailer pequeno

Reboquei por algum tempo um trailer Caravan Turiscar com um Gol 1.3, sem problemas. Acredito que uma Parati 1.6, possa rebocar bem até um Turiscar Brillant SL(super leve).

Veja além da potência, um fato importante, é o veículo que vai tracionar, pesar pelo menos, 20% mais que o reboque.
E pelo fato de ser tração dianteira você deve observar 2 coisas com mais atenção do que se fosse tração traseira.
-Pista molhada reduza bastante a velocidade.
-Distribuir bem o peso no trailer de modo a não forçar muito peso na traseira do veículo,com isto, prejudicando o desempenho da tração dianteira, e a dirigibilidade.
Observando isto, não vejo, maiores empecilhos.

Safári.

Veja o conjunto veículo+trailer, é ao nosso ver uma solução mais completa para a maioria dos casos.
Enquanto que a Safári, é uma solução bem melhor, para o caso de pessoas, que tem um objetivo específico, como bastante mobilidade, por exemplo.
Tendo um comportamento, do tipo, que usam um camping mais como apoio, e não como curtição em si.
Já tive o prazer de ver várias pessoas assim, que ficavam o tempo todo, passeando na região, e praticamente só apareciam no camping para dormir.

| Topo ^|













Uma visão geral da parte elétrica.



Primeiro, jamais improvisar nestas instalações.
Pois o resultado pode ser grave.

De maneira geral, siga estas regras de qualidade e segurança:
-Crie vários ramais de distribuição, e para cada um instale um disjuntor.
-Não faça emendas com fita isolante, mas com conectores.
-Passe os ramais dentro de dutos antichamas, somente o fio que vai ser ligado no ponto de consumo que está perto fica fora do duto.
-Fios e tomadas somente de marcas reconhecidas pela qualidade.
-Use fios de pelo menos 4mm nos ramais e 2.5mm no alimentadores finais.
-No par de cada ramal você pode usar, uma cor específica para cada ramal.Facilita manutenção e identificação.

Disjuntores:
Para calcular de quantos amperes usar, some a quantidade de watts, que lâmpadas e equipamentos daquele ramal irão consumir.
Exemplo: Digamos que a soma total seja 2200 watts, se a instalação for funcionar em 220 volts. Divida 2200/220= 10 ampères de consumo.
Então eu colocaria um de 15 ampères no máximo.
Se 110volts, divida por 110, 2200/110 = 20 ampères. (formula P/V=I)
* Todos aparelhos vem com informação de quantos watts consomem.

Conversor:
Acho fundamental instalar pois;
-Carrega/mantém a carga das baterias, enquanto estamos acampados.
-Garante, que dentro do motorhome a voltagem sempre será a mesma, por exemplo, um com saída de 220v, mesmo que energia do camping seja 110v, ele fornecerá 220 volts, para a rede interna.
Quanto mais potente melhor, mas você pode somar o total de watts que a geladeira, televisão, microondas, etc , consomem. E comprar um que deixe alguma folga.
Se instalar um gerador, precisara de uma chave comutadora, para escolher a fonte de energia para o Conversor, se externa. Ou vinda do gerador, quando este estiver em uso.

Lâmpadas:
Preferência total para lâmpadas frias. São fáceis de encontrar, localize em sua cidade as lojas que revendem produtos para ônibus.
Elas tem o reator de 12 volts, e as lâmpadas frias para os mesmos.

Inversores:
São os transformadores que recebem energia de 12 volts e transformam para 110 ou 220 volts. A grande vantagem é poder viajar assistindo DVDs, jogando Games, e carregado bateria de celular, etc.
Mas tem que ser usado com racionalidade, pois esta energia vem do conjunto bateria+alternador do veículo, que tem potência limitada.
Você dever planejar o mínimo de equipamentos usando o inversor.
O cálculo de potência/consumo segue a mesma lógica já explicada aqui.
É instalado ligado a bateria,o mais próximo da bateria quanto possível.
Pois um fio com 12 volts perde muito com a distância, e mesmo assim este cabo deve ser o mesmo usado para conectar baterias, ou seja, bastante grosso e caro.
Deve ter muita atenção de como o inversor escolhido deve funcionar, quando é ligada a energia externa de 220/110 volts do camping. Veja isto, de acordo com o manual do fabricante do inversor.

Geradores:
Pouca vezes se usa, mas nestas ocasiões podem fazer grande falta.
Uma boa opção é esquecer o fornecimento de energia destes para ar condicionado. E planejar para o uso/consumo para iluminação,som e imagem e ventiladores.
Explico.
Um ar condicionado, na partida do compressor pode requerer um pico de consumo de 3 a até 7 vezes o consumo normal !
Ou seja, um ar condicionado de 7000 btus gasta aí na faixa de 800/900 watts, mas ao ligar/religar o compressor, vai neste pico de partida para 2700/6300 watts.
Haja gerador !
E os geradores tem uma característica que muitos técnicos desconhecem.
Ventilação !
É fundamental uma excelente ventilação, aonde é instalado o gerador.
Pois a potência do gerador, cai de forma radical se trabalham em temperatura inadequada/alta.
Pela instalações de geradores que vemos na quase totalidade dos motorhomes, mesmo os de marca.
Vemos que quase todos desconhecem ou não levam em consideração este fato !
Veja mais, sobre geradores, na página deste site sobre manutenção.

Geral:
Normalmente a maioria dos campings a tomada de energia é este padrão doméstico normal.
Ficar atento se alguém no motorhome quiser usar um equipamento de grande consumo, como secadores de cabelos.
Está dentro do seu calculo ?
Instalar pelo menos uma tomada que receba energia direta, sem passar pelo Conversor, para estes casos.
A maioria dos campings tem restrições com Grill, Churrasqueiras elétricas etc.
Ter um "terra", um cabo ligando o chassis do motorhome a um objeto metálico e ponteagudo, que possa ser enterrado no chão. Pois já fiquei em camping que a instalação do mesmo era tão ruim, sem aterramento.
Que por vezes o neutro/terra marcava 80 volts, o que deixava as partes metálicas do motorhome dando choque.

Ao fazer o projeto e bom lembrar que ,a instalação terá até 6 formas/redes de energia.
Fontes.
12/24 volts - fonte alternador/bateria.
220/110 volts - fonte externa.
220/110 volts - fonte gerador.
Redes.
220/110 volts - rede interna que passa pelo conversor, que recebe a energia externa ou do gerador
220/110 volts - rede interna que passa pelo inversor, que recebe 12 volts.
220/110 volts - pelo menos uma tomada interna, com ligação direta da energia externa.

* É interessante que todos os campings só lembram dos gastos do motorhomes e trailers, mas se esquecem que na maioria, o chuveiro é a gás, e não usam o maior vilão do consumo que é o chuveiro elétrico(3800/5200 watts). Tão usado pelo outros campistas.

| Topo ^|



Uma visão geral da parte Hidráulica.



Esta é uma instalação simples, para se ter uma ideía geral veja a figura abaixo.


Toda a instalação é feita no padrão de 1/2 polegadas, com mangueiras de boa qualidade, e com treliça de nylon dentro da parede da mangueira.
Entrada de água:
Devem ser 03, para encher a caixa d'água, uma boca livre do tipo tanque de combustível, e inclusive do mesmo lado desta
para ficar mais facil de encher em um posto de combutível.
Outras duas com engate para mangueira, para conectar no camping.
Sendo uma para encher a caixa d'água e outra chamada comumente de Direta, que deve ser conectada
entre a caixa d'água e a bomba. Quando usar esta, a bomba não precisa nem deve ficar ligada.
Bomba:
Dou preferência para marca Flojet, tem outras marcas que jogam mais água, mas faz obviamente com que gaste
mais água, e a pressão da Flojet é totalmente suficiente.
E custa metade do preço da Shurflo, que dizem que é a melhor.
Tem que ser instalado um interruptor em local de facil acesso, no painel do veículo por exemplo, para ligar e desligar a bomba.
Estas bombas são automáticas, ou seja, ao abrir a torneira, cai a pressão e elas ligam, e desligam ao fechar.
Aquecedor:
Existem várias marcas no mercado, é importante ter as medidas de onde vai ser instalado antes de comprar um.
A ventilação é um apecto crítico para este equipamento, cumpra a exigências do manual.
A mangueira que for ser usada para água quente, tem que ter as paredes mais grossas.
Caixa d'água:
O melhor material é a fibra de vidro. O consumo pessoa/dia é de uns 30 litros, portanto é com este número
que deve ser calculado qual tem que ser a capacidade da caixa.
É muito interessante que a caixa tenha uma saída livre de bitola maior para ser esvasiada com rapidez.

| Topo ^|